Monthly Archives: Novembro 2013

Gatos e árvore de Natal – é possível ter os dois??

hehehehe
vamos tentar algo diferente este ano? rs
Anúncios
Categories: Gatos | 1 Comentário

O Ron-Ron do Gatinho

O Ron-Ron do Gatinho

Adriana Calcanhotto

O gato é uma maquininha
que a natureza inventou;
tem pêlo, bigode, unhas
e dentro tem um motor.

Mas um motor diferente
desses que tem nos bonecos
porque o motor do gato
não é um motor elétrico.

É um motor afetivo
que bate em seu coração
por isso ele faz ron-ron
para mostrar gratidão.

No passado se dizia
que esse ron-ron tão doce
era causa de alergia
pra quem sofria de tosse.

Tudo bobagem, despeito,
calúnias contra o bichinho:
esse ron-ron em seu peito
não é doença – é carinho

Categories: Gatos | Deixe um comentário

empóriopet(R) – Cuidado com a pelagem branca

Atenciosamente,

EMPÓRIOPET® – Empório Veterinário Ind. e Com. Ltda.

Porto Alegre – RS – Brasil

Site: emporiopet.ind.br

Fone/Fax:(51) 33027900 – 3361.1064

Fanpage: http://www.facebook.com/emporiopet.comercial

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Alternativas no Tratamento de Convulsões em Cães e Gatos

Homeopatas

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Gatos e humanos têm relações mais complexas do que se pensava

O tipo de relacionamento mantido entre homens e gatos pode estar mais próximo da relação inter-humana do que se pensava. É o que descobriram pesquisadores da Universidade de Viena. Segundo o estudo, publicado na revista especializada Behavioural Processes, a ligação entre gatos e seus donos depende diretamente da personalidade, sexo e idade de ambos, dos sentimentos pontuais e do tempo de convivência entre os dois – características verificadas nos relacionamentos entre seres humanos.

A pesquisa, desenvolvida na cidade de Viena entre 2005 e 2006, observou a relação entre 39 donos e seus gatos. Foram escolhidos todos os tipos de “amizades”: entre donos homens e gatos machos, mulheres e gatas, gatos e mulheres e homens e gatas. A maioria dos animais passava grande parte de seu tempo em casa, convivia bastante com o dono, e o tipo de relação era forte – “os gatos eram considerados amigos, membros da família ou ainda ‘filhos’ de seus donos”, diz o resultado de um questionário preenchido por cada participante.

Os pesquisadores descobriram que a relação entre os gatos e seus donos é baseada em um verdadeiro jogo de interesses; são relações complexas, em que há contribuições emocionais de ambos os lados. Por exemplo, se um dono faz carinho no seu gato quando este pede, depois terá “créditos” com o bicho, quase como se um devesse a retribuição do afago ao outro. E o gato irá recompensá-lo mais tarde.

Também constatou-se que o humor e a personalidade dos donos afetam a forma como o gato reage. Os animais conseguem sentir as variações de humor dos donos, e se recolhem ou se aproximam dependendo disso. Mas só dos donos. “Em nossos estudos, descobrimos que fatores como a abertura do gato às pessoas não são independentes”, diz a pesquisa. Embora não pareça, os bichos reagem de formas diferentes quando com estranhos.

Outros resultados mostraram que, curiosamente, gatos parecem se dar melhor com mulheres. “Nos relacionamentos com uma dona, o número de gatos que iniciam o contato físico é maior que nos relacionamentos de gatos com homens”, independente do sexo do animal. O estudo também aponta que donos neuróticos tendem a ter contato mais distante com seus bichos, ou seja, têm uma relação fria em que o gato sabe que aquela pessoa serve como provedor de alimento e não necessariamente o respeita. A idade e a personalidade do animal também influenciam a relação.

Os pesquisadores de Viena pretendem aprofundar os estudos após constatarem que os mesmos tipos de comportamento não são observados em gatos que são criados mais livres – animais que vivem em casas com jardins, por exemplo, e que passam mais tempo longe dos donos. Nesses casos, não foi constatado que fatores temporais, como o humor momentâneo do dono, pudessem ser levados em consideração pelo bicho. Ainda assim, eles estão seguros de que a relação entre dono e gato envolve certos tipos de interação que fazem um, de fato, entender o que o outro está sentindo, como antes só tinha sido verificado entre humanos.

Fonte: Revista Época
Categories: Gatos | Deixe um comentário

Gato mendigo ‘escreve’ livro sobre sua vida nas ruas Londres

Uma sintonia fina entre um músico de muita sensibilidade e um felino………….. Veja.

Felino foi adotado por músico sem-teto e tem até cartão para viajar de graça no metrô

Reuters

Desde que entrou para a vida do músico sem-teto James Bowen, o gato vira-lata Bob se transformou em seu companheiro inseparável, nas ruas de Londres

A vida de Bob é cheia de reviravoltas. Tanto que ele conta suas aventuras nas 320 páginas de um livro, lançado nesta semana em Londres (Inglaterra). Detalhe: Bob é um gato.

Após uma briga com outro animal de rua, o bichano foi encontrado bem machucado pelo músico James Bowen, também um sem-teto, em seu abrigo, no ano de 2007.

Comovido com o estado do gatinho, Bowen resolveu cuidar dele, com a ajuda de funcionários de uma entidade de proteção a animais da cidade. Mas ele não imaginava que seria "adotado" pelo bichano.

Desde então, a dupla se tornou inseparável. Juntos, Bob e Bowen conquistaram uma legião de fãs com suas apresentações musicais na entrada da estação Angel do metrô londrino, nos trens e nos ônibus da capital britânica. Enquanto o inglês toca seu violão, o bichano "arrecada" a gorjeta do público.

São tantas histórias, nesses quatro anos de convivência, que Bowen resolveu escrever o livro A Street Cat Called Bob (em tradução livre, "Um gato de rua chamado Bob"). Segundo a imprensa britânica, a obra tem de tudo para se transformar em filme de sucesso.

http://entretenimento.r7.com/bichos/noticias/gato-mendigo-escreve-livro-sobre-sua-vida-nas-ruas-londres-20120314.html?question=0

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.