Monthly Archives: Agosto 2012

Comedouro feito com garrafas pet

SEMPRE VALE A PENA REVER!!!!!!!!!!!

MUITO INTERESSANTE!!!!

Não apenas nesta data, mas sempre que for possível! É um modelo tão simples de fazer, sai de graça se feito com garrafa pet, a ração para encher é baratinha, quem puder faça um ou dois e coloque em um local onde tenha grande movimentação de animais abandonados na sua cidade, um gesto simples que para estes pequenos anjos que passam dias sem comer, fará uma grande diferença!

PASSO A PASSO

VOCÊ VAI PRECISAR DE DUAS GARRAFAS PET, DE FORMA RETANGULAR PARA NÃO TOMBAR.

RECORTE A PARTE DE CIMA DE UMA GARRAFA.

MARQUE O TAMANHO DA PARTE CORTADA NA OUTRA GARRAFA E RECORTE.

FAÇA OUTRA ABERTURA NA PARTE DA FRENTE DA GARRAFA, POR ONDE O ANIMAL IRÁ PEGAR A RAÇÃO.

COLOQUE A RAÇÃO, ENCAIXE E VIRE. É FÁCIL.

CONFORME O ANIMAL VAI COMENDO, A RAÇÃO VAI CAINDO….

MINHA BELA ESTREANDO O COMEDOURO.

ACHEI UMA BOA IDÉIA, NÃO SÓ PARA OS DE RUA, MAS É UMA OPÇÃO PARA QUEM NÃO PODE ADQUIRIR UM DE MAIOR VALOR.

Fonte:

http://amorsemprecoararas.blogspot.com/2011/12/comedouro-caseiro-usando-garrafas-pets.html

Anúncios
Categories: Gatos | 1 Comentário

Ser dono de um gato pode fazer bem para a saúde

Embora os gatos já tenham sido acusados de causar loucura, alguns tipos de câncer e de transmitir inúmeras doenças — além de dar azar! —, de acordo com o site Discovery News, aqueles que adoram seus bichanos de estimação podem respirar aliviados.

Aparentemente, a má fama dos gatos se deve a velhas superstições e ao fato desses animais serem portadores do parasita Toxoplasma gondii, que causa a toxoplasmose e parece apresentar correlação com casos de câncer no cérebro, embora essa associação ainda não tenha sido comprovada.

Liberados do banco dos réus
Segundo a publicação, existem alguns estudos que sugerem que os felinos, na verdade, fazem bem para a saúde. Um deles, realizado por cientistas do centro de pesquisas Tour du Valat, na França, aponta que os donos de gatos não correm maiores riscos de desenvolver câncer no cérebro do que as pessoas que não possuem animais de estimação.

Outro estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, está avaliando informações relacionadas a mulheres de meia-idade desse país. Segundo os pesquisadores, os dados coletados até o momento simplesmente não demonstram qualquer relação entre mulheres que convivem com gatos e a incidência de câncer.

Benefícios para a saúde
Aliás, os resultados de inúmeras pesquisas parecem mostrar o contrário. Donos de animais de estimação parecem correr menos riscos de desenvolver o linfoma não Hodgkin, assim como crianças que convivem com animais desde pequenas parecem sofrer menos com doenças respiratórias, além de terem um sistema imunológico mais eficiente.

Outros estudos também apontam que os animais de estimação podem ser extremamente benéficos para pacientes que sofrem de doenças crônicas, oferecendo companhia e conforto a essas pessoas.

Autor: Maria Luciana Rincon Y Tamanini
Fonte: TecMundo
Categories: Gatos | Deixe um comentário

Quem convive com gatos vive melhor, segundo estudo

Por Roberta Oliveira (da Redação – EUA)

Foto: Reprodução

Quando você pensa em algo que melhore sua saúde, adotar um gatinho vem à sua mente? De acordo com informações do site Future Medica, profissionais de saúde e pesquisadores afirmam que conviver e cuidar de um gato traz muitos benefícios à saúde.

Baixa o risco de doenças cardiovasculares – Um estudo da Universidade de Minnesota descobriu que pessoas quem possuem gatos possuem de 30 a 40 menos chance de morrer de doenças cardiovasculares.

Reduz risco de ataques do coração – Não é somente todo o sistema cardiovascular que é beneficiado, mas o coração também.

Melhora o sistema imunológico – Gatos sabem quando você não está se sentindo bem, e oferecem conforto, lhe ajudando a se recuperar, e melhorar o sistema imunológico.

Diminui as chances de desenvolver alergias – Se você pretende ter um bebê, adote um gato, pois eles ajudam a prevenir alergias em crianças.

Foto: Reprodução

Ajuda a prevenir asma em crianças – Além de ajudar a prevenir alergias, há evidências que a convivência com gatos ajuda a prevenir asmas em crianças. O contato com gatos desde criança ajuda a prevenir várias doenças respiratórias.

Reduz pressão arterial – Curtir a companhia de um gatinho ajuda a reduzir a pressão arterial. Afagar um gato é relaxante e ajuda a diminuir a pressão.

Baixa os níveis de triglicérides – Você pode baixar seus níveis de triglicérides ao se exercitar e comer poucos carboidratos (especialmente alimentos processados). Mas você pode fazer mais. Além de malhar e comer bem, ter um gato também ajuda. Estudos mostraram que possuir um gato diminui os níveis de triglicérides e melhora o sistema imunológico.

Baixa o nível de colesterol – Um estudo em 2006 no Canadá mostrou que donos de gatos têm mais sucesso em redução de colesterol, do que pessoas tomando medicamentos.

Reduz risco de derrame – Um estudo da Universidade de Minnesota mostrou que donos de gatos têm menos chances de sofrer um derrame.

Reduz estresse – Tutelar um gato traz muitos benefícios psicológicos, e um deles é aliviar o estresse. Poder cuidar de um animal, ter um gatinho para abraçar faz você se sentir bem, e reduz o nível de estresse.

Reduz ansiedade – Afagar um gato é calmante. Quando você está ocupado cuidando de um gato, você se preocupa menos.

Foto: Reprodução

Melhora o humor – Um gato lhe ajuda a se sentir melhor, melhorando também seu humor.

Ajuda com depressão – Tutelar um gato não cura a depressão, mas ajuda a não pensar em problemas, e se focar em outras coisas.

Ajuda com autismo – O autismo é marcado pela dificuldade de interação social e comunicação com outras pessoas. Possuir um gato ajuda nesses casos.

Reduz a solidão – Muitas pessoas possuem sentimento de solidão e acham conforto na companhia de um gato.

Menos visitas ao médico – Estudos mostraram que lares para idosos que permitem que os residentes possuam gatos gastam menos com medicamentos.

Vida mais longa – Gatos trazem muitos benefícios que podem prolongar a vida de seus tutores.

Adotar é um ato de amor, seja um gato ou qualquer outro animal, e é para a vida toda. Não se está aconselhando ninguém a adotar um gato somente pelos benefícios à saúde. Quem ama seu animalzinho sabe como a relação com eles é especial, assim como o amor incondicional que eles demonstram por nós, e como nós somos os responsáveis pelo bem estar deles.

http://www.anda.jor.br/20/05/2012/quem-convive-com-gatos-vive-melhor-segundo-estudo

Categories: Gatos | Deixe um comentário

QUANTO VALE A VIDA DE UM GATO?

AO LER O ANEXO VC VAI DESCOBRIR QUE PARA ESTE HOMEM MILIONÁRIO , QUE A VIDA DE SEU GATO QUE MORREU VALIA MUITO MAIS QUE SEUS MILHÕES QUE SE QUEIMARAM NO INCÊNCIO DE SEUS QUADROS.

Colecionador minimiza acervo incendiado: ‘meu gato morreu’
14 de agosto de 2012 • 16h45 • atualizado às 17h55

Jean Boghici (na porta) ao lado da sua mulher, Geneveve, e do curador Leonel Kaz
Foto: Juliana Prada/Terra

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Cuidados com a nutrição beneficiam a saúde de gatos idosos

O processo de envelhecimento é inerente tanto aos seres humanos quanto aos animais, que são verdadeiros membros da família. E para cuidar bem dos bichanos nessa fase da vida, é preciso disponibilizar uma dieta diferenciada, com ingredientes especiais. A PremieR pet alerta que uma nutrição excelente, adequada a cada faixa etária, pode oferecer benefícios à saúde dos gatos, proporcionando a tão esperada longevidade.

gato idoso velho cansado petrede Cuidados com a nutrição beneficiam a saúde de gatos idosos

Segundo a Associação Americana de Clínicos Especialistas em Felinos, os cuidados preventivos com a saúde do gato idoso devem ser realizados dos 7 aos 11 anos de idade. A partir de 12, as medidas devem ser intensificadas, pois o gato já é considerado geriátrico.

“O envelhecimento é caracterizado por uma diminuição na capacidade de funcionamento dos diversos órgãos e sistemas do organismo. Estas alterações funcionais, por sua vez, podem levar a doenças que comprometem a saúde e qualidade de vida dos bichanos. Sabe-se, no entanto, que alguns destes processos podem ser retardados ou minimizados por meio de cuidados preventivos e, neste contexto, uma nutrição específica assume um papel central”, explica a médica veterinária da PremieR pet, Keila Regina de Godoy.

A vida urbana mudou o hábito e até o estilo de vida de muitos destes animais de estimação. Se antigamente eles eram criados soltos, expostos a uma série de perigos que comprometiam sua longevidade, hoje a maioria vive dentro de casa, são castrados e recebem muito mais cuidados com a saúde. Soma-se a isso o avanço na medicina felina e o que se vê é um aumento significativo na expectativa de vida dos gatos, que em média é de 15 anos.

“Os cuidados com os gatos idosos e geriátricos envolvem atenção especial a diversos aspectos aos quais estes se tornam mais vulneráveis e sobre os quais a nutrição interfere diretamente: manutenção do peso e da proporção entre gordura e musculatura corporal, prevenção de cálculos urinários, prevenção da insuficiência renal, prevenção de doenças degenerativas (como neoplasias e problemas nas articulações), problemas com dentes e gengiva, constipação, pele mais ressecada, pelos opacos e quebradiços, bolas de pelos e redução do apetite”, detalha a veterinária.

A profissional esclarece ainda que oferecer uma nutrição especial é um cuidado essencial com a saúde e constitui um passo muito importante para a qualidade de vida e longevidade do pequeno felino.

Fonte: Accesso
Imagem: Ilustração/Divulgação/Reprodução
http://blogs.jovempan.uol.com.br/petrede/cuidados-com-a-nutricao-beneficiam-a-saude-de-gatos-idosos/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+petrede+%28PetRede%29#.UC0VDallSjQ
Categories: Gatos | Deixe um comentário

Há 15 anos um gato é prefeito de um povoado no Estado de Alasca

Há 15 anos um gato é prefeito de um povoado no Estado de Alasca

O povoado de Talkeetna, no Estado de Alasca (EUA), é dirigido por um gato ruivo, de nome Stubbs.

Há quase 15 anos ele, ainda gatinho, foi eleito prefeito. Na altura, alguns moradores qualificaram como indignos, todos os candidatos ao cargo de prefeito e, como brincadeira, decidiram inscrever o nome de Stubbs nos boletins de voto. E o gato venceu as eleições.

Apesar de que o cargo de prefeito do povoado com 900 habitantes tem um caráter puramente cerimonial, o gato tem popularidade bem real. Os média locais dedicam-lhe artigos e programas. Stubbs tem, inclusive, uma página no Facebook.

Graças ao “prefeito de rabo”, aumentou sensivelmente o número de turistas que visitam Talkeetna. Todas as épocas de verão, vêm ao povoado milhares de curiosos para ver o “prefeito ruivo”. Por conseguinte, Stubbs cumpre com sucesso sua tarefa principal – engrossar a caixa do povoado.

Fonte:

http://portuguese.ruvr.ru/2012_07_15/stubbs-talkeetna-prefeito/

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.