Homem é multado em R$ 3 mil por abandonar ninhada de gatos no RS

10 de abril de 2012 às 9:20

Um homem foi multado e deve ser indiciado por abandonar ninhada de gatos na terça-feira (27) em frente à sede da Secretaria do Meio Ambiente de Passo Fundo, no Planalto Médio do Rio Grande do Sul. Segundo a Prefeitura Municipal, o suspeito foi flagrado por funcionários deixando a mãe e cinco filhotes com menos de 30 dias em uma escada na entrada da sede.

Os funcionários anotaram a placa do carro, e as informações serão repassadas ao Ministério Público Estadual (MPE). Ainda conforme a Prefeitura, o condutor do veículo terá de pagar R$ 3 mil – R$ 500 reais por animal abandonado – e deve ser indiciado por crime ambiental.

Os filhotes estão disponíveis por adoção na própria secretaria. Já a mãe ficará provisoriamente na sede até passar por uma cirurgia de castração. Até as 9h da quinta-feira (29), apenas um animal havia sido adotado. Quem tiver interesse pode entrar em contato com a Secretaria do Meio Ambiente pelos números (54) 3317 2529 e (54) 3311 5494 , entre as 12h30 às 18h30.

O secretário municipal do meio-ambiente, Clóvis Alves, afirma que é a segunda vez que gatos são abandonados em frente à sede. “Não podemos permitir que isto se torne uma prática das pessoas. Cada um deve se responsabilizar pelos próprios animais”, afirmou, acrescentando que há pouca estrutura na sede para abrigar animais abandonados.

Fonte: ExpressoMT

Categories: Gatos | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: